A Pantacourt é para todas! Basta acertar no sapato

Algumas tendências são fáceis de aderir, outras a gente geralmente torce o nariz e não dá nem chance para explicações. Isso acontece muito com a Pantacourt, e o objetivo deste post é tentar fazer você mudar de ideia – se estiver torcendo o nariz neste momento rs.

Primeiro precisamos saber que Pantacourt é uma calça pantalona curta. E geralmente as dúvidas em relação a ela são porque ela deixa parte da canela a mostra, e houve um tempo em que era “brega” uma calça assim, portanto muita gente ainda relaciona tudo que é curto como: a saia midi, a saia cropped e a pantacourt em uma peça feia e não dão a mínima chance, não é mesmo? Entretanto a ideia é que a peça seja uma arma poderosíssima para achatar a silhueta.

Baixinhas podem usar pantacourt? Sem dúvida! Mulheres com quadris largos podem usar pantacourt? Também. A questão principal é levar…

Ver o post original 331 mais palavras

Publicado em VIVER | Deixe um comentário

Is there sex selection among Asian immigrants in the US?

Family Inequality

There is a 2008 paper reported in the New York Timesin 2009, which found skewed sex ratios among children of immigrants from China, Korea, and India, if their older siblings were girls, using the 2000 Census. The implication was that some parents were using IVF or abortion to select boy children if their first two were girls — as is the case in their home countries. There has been some other research on this from the early 2000s, but I haven’t seen it updated since then.

I took a quick stab at it, but don’t have time right now to pursue it more thoroughly. So here’s the quick answer I got, and I shared my data, code, and results in an Open Science Framework project, here. I hope someone will be interested and pursue it further (using my approach or not). The files there include all different ethnic/racial groups.

Ver o post original 304 mais palavras

Publicado em VIVER | Deixe um comentário

NÃO ADIANTOU MORO CENSURAR PERGUNTA DE CUNHA A TEMER PORQUE DELATOR DA ODEBRECHT, CLÁUDIO MELO FILHO, COM RIQUEZA DE DETALHES CONTOU COMO FOI ENTREGUE A YUNES, AMIGO DE TEMER, DINHEIRO VIVO

Resultado de imagem para imagens de temer e eduardo cunhaSimples de entender, principalmente quando simples mortais se autopromovem a Deus iludidos de que os poderes de Deus podem também serem seus. Prova de que ignoram o princípio teológico que reza que quem nasceu homem jamais será Deus. Ou na moral-teológica: quem foi feito para pecar, jamais será o juiz do pecador. 

      Das 41 perguntas que Eduardo Cunha endereçou a Temer para responder sobre seu respeito, Moro censurou 21 afirmando que Temer tem foro privilegiado e as perguntas poderiam implicar em situação fora do caso. Não adiantou o esmero de Moro. O vice-presidente de Relações institucionais da Odebrecht, Cláudio Melo Filho, em delação premiada ao Ministério Público Federal (MPF), segundo o jornalista Severino Mota do Buzzfeed, detalhou como foi realizada a entrega de dinheiro vivo ao advogado José Yunes, amigo de Temer, e para muitos, seu sócio, depois de um jantar que ocorreu no Palácio Jaburu, em…

Ver o post original 230 mais palavras

Publicado em VIVER | Deixe um comentário

Exagero

Babados & Bordados

Gosto do exagero.

Sofro por nada,

amo por todos,

choro rios,

sorrio comédias,

sonho infinito,

e morro de saudades.

Ver o post original

Publicado em VIVER | Deixe um comentário

Do we get tenure for this?

Family Inequality

My photo. For the occasion I titled it, Openness. https://flic.kr/p/FShb6d For the occasion I titled this photo of Utah “Openness.”

Colleen Flaherty at Inside Higher Ed has written up the American Sociological Association’s committee report, “What Counts? Evaluating Public Communication in Tenure and Promotion.”

I was once a member of the ASA Subcommittee on the Evaluation Of Social Media and Public Communication In Sociology, which was chaired by Leslie McCall when they produced the report. (It is a subcommittee of the task force on engaging sociology, convened by then-President Annette Lareau.)

It’s worth reading the whole article, which also includes comments from Sara Ovink, McCall and me, in addition to the report. Having thought about this issue a little, I was happy to respond to Flaherty’s request for comment. These are the full comments I sent her, from which she quoted in the article:

1. We don’t need credit toward promotion for every thing we do. Scholars…

Ver o post original 308 mais palavras

Publicado em VIVER | Deixe um comentário

Anglophile For Life — The Gloria Sirens

Yes, my friends, I went to England this summer. I went during July, when the temperatures in Memphis were sweltering in the humid 90s. I went with my husband, who is English, and we visited his family in Yorkshire, God’s Own County, with forays to the Lake District and to Scotland. I’ve been an Anglophile […]

via Anglophile For Life — The Gloria Sirens

Publicado em VIVER | Deixe um comentário

Darndest Things: Issue Seven

REVISIONS OF GRANDEUR

Happy Friday, Friends! Start your weekend off right with a few laughs from these little ones…

Recently, I came home from the gym, and my three-year-old approached me, asking, “Can you talk like Yoda now, Mommy?”

Wondering if I’d understood him, I repeated, “Talk like Yoda?”

“Yeah! You were at ‘Yoda class,’” he answered, pointing to the rolled-up yoga mat hanging from my shoulder. “Can you talk like Yoda now?”

Ver o post original 710 mais palavras

Publicado em VIVER | Deixe um comentário

Comer frutas e vegetais aumenta a felicidade

AOpiniãoPontoCom

Imagem: De acordo com o estudo, cada porção extra de frutas e legumes consumida por dia – até um limite de oito porções – ajuda a aumentar a sensação de felicidade, bem-estar e satisfação com a vida. (Thinkstock/VEJA/VEJA) –

Um novo estudo mostrou que, em apenas dois anos, consumir oito porções diárias desses alimentos aumenta a sensação de bem-estar e felicidade – 

Ver o post original 416 mais palavras

Publicado em VIVER | Deixe um comentário

TUDO É MEDO!

Medo ( ê/) – substantivo MASCULINO

 

 

MEDO

 

01. psic estado afetivo suscitado pela consciência do perigo ou que, ao contrário, suscita essa consciência.         ( “m. ao se sentir ameaçado”)

 

02.temor, ansiedade irracional ou fundamentada; receio.      (“m. de tomar injeções”)

 

03. apreensão em relação a (algo desagradável).         (“m. de decepcionar“)

“Uma perda é sempre algo que nos incomoda. Pode ser a perda de uma chave, do ônibus, de dinheiro, de um sonho…. E claro, a perda de alguém. Saber lidar com perdas é uma busca constante que temos, nesses momentos tentamos nos agarrar a pequenos detalhes, a pequenas desculpas ou a soluções para nos confortar.”
Atenta a não passar por esse tipo de “dor”(em vão), evito descaradamente a aproximação de pessoas que possa vir a me envolver “afeto sexualmente” todos que amo em minha vida (agora  entra a crise do casamento de meu irmão), vão embora sempre só Deus não vai. Nunca imaginei toda essa covardia.
Todas as técnicas de terrorismo emocional que conheço coloquei em pratica (sou um ser humano criativo)… Ele não é como os outros … Não alopra , não bloqueia … Só ouve (lê) … De duas, uma : ou encontrei o amor de minha ou ele é mais psicopata que eu.
oioioi

#oioioi #CássiaCongelada

 

 

 

“Ser bom, Fazer o bem e Ser virtuoso”

 

Publicado em ADULTO, AMOR, Coisas, COMPORTAMENTO, coração, VIVER | Deixe um comentário

Como Dilma saiu de 10 ‘saias justas’ na sabatina da Folha

A presidenta Dilma Rousseff participou da sabatina do jornal Folha de S. Paulo e soube sair de várias saias justas que os jornalistas tentaram impor a ela.

Najla Passos

A presidenta Dilma Rousseff participou da sabatina do jornal Folha de S. Paulo, na tarde desta segunda-feira (28) e soube sair de várias saias justas que os jornalistas escalados para a missão tentaram impor a ela. Confira aqui as 10 principais:

1 – Caso Santander

Mesmo sem dar nomes aos bois, a presidenta classificou como “lamentável” a postura do Banco Santander, que enviou uma carta aos clientes afirmando que uma possível reeleição de Dilma poderia ter efeitos negativos para a economia. Para ela, é inadmissível a interferência de qualquer agente financeiro na vida econômica e política do país. “Sempre que especularam, não se deram bem. Acho muito perigoso especular em situações eleitorais”, afirmou.

2 – Inflação

Dilma admitiu que a inflação…

Ver o post original 937 mais palavras

Publicado em VIVER | Deixe um comentário